Capcom quer reviver suas franquias “adormecidas”

 

Um relatório da Capcom destinado a investidores revela que Devil May Cry 5 e o remake de Resident Evil 2 venderam 2,1 milhões de unidades e 4,2 milhões de unidades, respectivamente. As vendas líquidas da produtora aumentaram ano a ano desde 2015, com um aumento acentuado de 5,8% de 2018 a 2019, quando foram arrecadados mais de 100 bilhões de ienes (US$ 921 milhões). Após o lançamento do remake de Resident Evil 2, os fãs e a mídia começaram a especular sobre a produção do remake de Resident Evil 3 Nemesis, no entanto a Capcom primeiramente anunciou um jogo um tanto diferente na série, Project Resistance, este com uma  jogabilidade descrito como de sobrevivência multiplayer assimétrica. No relatório divulgado agora, a Capcom diz: “Nossas iniciativas são (1) fortalecer as vendas digitais, (2) reforçar nossa linha de títulos por meio da execução em larga escala de nossos mapas de 60 meses e 52 semanas e (3) despertar propriedades intelectuais adormecidas”. O terceiro item que gerou a notícia e que deve interessar a maioria dos jogadores, quando é destacado a intenção de revisitar franquias clássicas, na lista podemos incluir Dino Crisis, Onimusha, Darkstalkers e Okami.

Postar um comentário

0 Comentários